sábado, fevereiro 7

Profissão: Esteticista

leonor-estetica1

"Especialista em tratamentos de beleza e saúde (limpeza de pele, maquiagem, pré e pós-operatórios, tratamentos para queimados etc)"
Fonte: Dicionário Michaelis

O que é ser esteticista?

É o profissional de estética e responsável por cuidar da saúde do corpo e da pele, voltando-se para o bem-estar físico, estético e mental das pessoas. Caracterizadas por lidar com mulheres ou homens, esteticistas se preocupam com limpeza da pele do rosto e do corpo, dos cabelos, pêlos em geral e das unhas, por meio de esfoliação, hidratação, nutrição e correção de pequenas imperfeições. Esse profissional pode se especializar e atuar em diversas áreas diferentes.

Quais as características necessárias para ser esteticista?

Uma esteticista deve ter plena consciência da importância que tem para seus pacientes, já que a beleza, para muitos, é sinal de bem-estar consigo mesmo. Por isso, antes de qualquer coisa, é necessário que o profissional tenha gosto pelo que faz, e conhecimentos científicos e anatômicos do corpo humano. Além de noções de cosmetologia e princípios ativos de cada cosmético.

Características desejáveis:
  • responsabilidade
  • atualização constante de novas tecnologias e métodos através de especializações
  • boa comunicação
  • boa aparência
  • boa coordenação motora
  • boa disposição física
  • boa saúde
  • boa visão
  • autocontrole
  • atenção a detalhes
  • agilidade
  • flexibilidade
  • ética profissional
  • concentração
  • postura profissional
  • desejo de ajudar
  • disciplina
  • habilidade manual
  • interesse pelo corpo humano
  • método
  • paciência
  • perfeccionismo
  • noção de tendências da moda
Qual a formação necessária para ser esteticista?

Para atuar na carreira de estética, é necessário fazer cursos técnicos, tecnólogos, ou superiores oferecidos e reconhecidos pelo MEC. Existe o curso técnico de graduação, com 1920 horas em média e duração de 2 anos. Esses cursos oferecem matérias que envolvem a estética, voltados especificamente para essa área, como a anatomia, bioética, cosmetologia, economia e administração, biologia, química, nutrição, psicologia e marketing.
Por ser uma profissão regulamentada, é exigido a carteira de trabalho pela CLT.

Principais atividades

Dentro da clínica de estética, ou do salão de beleza, a esteticista terá as mais diversas atividades. Dependendo de sua especialidade, as atividades serão diferentes, as principais são:

  • limpeza de pele do rosto e do corpo a serem tratados
  • elaboração de cronograma do paciente, para que possa ser acompanhado em todas as sessões
  • aplicar os procedimentos estéticos de maneira a recuperar e manter a saúde do corpo, cabelo e/ ou rosto.
  • selecionar, indicar e aplicar cosméticos e produtos de tecnologia avançada de acordo com a preferência e/ou necessidade do paciente.
  • cuidar corretamente das infecções e doenças dermatológicas possíveis da pele, sempre com acompanhamento médico, ou autorização por escrito (de acordo com a necessidade de cada paciente).
  • ter conhecimento dos instrumentos, materiais e produtos mais recentes a serem comprados e utilizados.
  • procurar saber sempre a eficácia e contra-indicações dos produtos, tratamentos e equipamentos que são utilizados e realizados.
  • reunir-se com outros profissionais da área de saúde para elaborar programas de saúde preventiva, curativa e reabilitadora.
Áreas de atuação e especialidades

Uma esteticista pode trabalhar como autônoma, abrir um salão de estética e beleza ou trabalhar em salões de beleza, spa e academias. As esteticistas podem atuar nas mais variadas áreas dentro da profissão. Isso depende do local de trabalho e da preferência da profissional, porém, é necessário que se conheçam todas as técnicas. As especialidades da estética são:

  • hidratação do rosto e do corpo
  • limpeza de pele
  • peelings
  • terapia capilar
  • terapia nos pés
  • massagem estética de levantamento dos glúteos (massofilaxia)
  • massagem anti-estress
  • crioterapia (bandagem terapêutica fria de relaxamento, tratamento de perda de medidas)
  • termoterapia ( bandagem terapêutica quente de relaxamento, tratamento para retenção de líquido e perda medidas)
  • depilação (com cera descartável quente ou fria, e roll on)
  • tratamento de gordura localizada
  • tratamento de celulite, flacidez e mamas
  • tratamento de rejuvenescimento e rugas
  • tratamento de acne inflamatória
  • tratamento de manchas, clareador e anti-sinais
  • lifting manual (hiper-nutrição, restauração e re-hidratação)
  • drenagem linfática (do rosto e do corpo)
  • drenagem linfática pré e pós-operatória
  • tratamentos estéticos para queimados (reestruturação da pele)
Mercado de trabalho

Para uma profissional de estética, o mercado de trabalho está em constante crescimento. A moda dita, hoje, que a saúde e a beleza são fundamentais para o bem-estar pessoal, e, portanto, cada vez mais as pessoas procuram se tratar com essas especialistas. Além disso, o consumidor exige ser tratado por quem entenda do assunto profissionalmente.

Curiosidades

A origem da palavra "estética" vem do grego, aisthésis, de percepção e sensação. Para a época, a estética era a filosofia que estudava a capacidade das coisas de serem belas e da reação do homem diante dessas belezas (arte no geral - pintura, literatura, escultura, etc).
Com Aristóteles, Platão e Plotino, a estética passou a ser estudada juntamente com a lógica e a ética, integrando os conceitos de que o bom, o belo e o verdadeiro formavam uma unidade (a essência do belo só seria alcançada identificando-a com o que é bom, levando em conta determinados valores morais).
Desde os tempos mais remotos da existência do ser humano, o conceito de beleza associado à estética existe. Os povos primitivos de todos os lugares do mundo pintavam o corpo e o rosto em ocasiões de celebração, de modo que ficassem mais "bonitos" ou "atraentes", dependendo da festa realizada. Além disso, suas esculturas e pirâmides são monumentos históricos de grande beleza e grandiosidade.
Os egípcios são outra prova de que a estética não se resignava somente nas pinturas corporais, mas nas artes também. As pirâmides e os templos criados na época serviam não somente de mausoléus para os faraós, como também de embelezamento das paisagens do deserto.
A estética foi levada adiante em todos os cantos do globo terrestre como uma forma de expressão de arte, mesmo na época em que a beleza não era fundamental (período Bizantino, na Idade Média) e forma de ornamentos de rituais de beleza, que foram evoluindo para o que conhecemos hoje como moda e estética.

 

(fonte: www.brasilprofissoes.com.br)

Um comentário:

Leo Alves disse...

Pessoal, sou eu a Leonor, criadora desse blog. Por motivos de perda de usuário e senha dessa home, pesso a voces que visitem o meu novo blog no endereço abaixo:

http://esteticacessorios.blogspot.com

Desde já desejo a todos bom dia e até breve!


Leonor Alves Vieira
Esteticista Facial